header image

Nosso Blog

Próximo Evento

O Sal…

Apesar de ter papel importante no organismo e contribuir para um bom funcionamento do corpo, o consumo abusivo do sal de cozinha pode trazer problemas à saúde.

Composto principalmente pelo sódio, 5 g de sal equivalem a 2 g de sódio. A ingestão diária recomendada de sódio é de 2 g/dia, o seu consumo em excesso está associado ao desenvolvimento da hipertensão arterial, de doenças cardiovasculares, renais e outras.

A recomendação de consumo máximo diário de sal pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é de 5 gramas/dia. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revela que o consumo do brasileiro está em 12 gramas diários, valor que ultrapassa o dobro do recomendado.SalCozinha01

Uma das maneiras mais práticas de diminuir o consumo de sódio é observar as informações nutricionais no verso das embalagens dos alimentos industrializados, se a quantidade for superior a 400mg em 100g do alimento, é considerado um alimento rico em sódio, sendo prejudicial à saúde.

Além de observar as informações nutricionais dos alimentos industrializados é importante reduzir a quantidade de sal nas preparações das refeições, podemos substituí-lo por outros condimentos, que inclusive vão realçar o sabor, como por exemplo, utilizar temperos como cheiro-verde, alho, cebola, ervas frescas, desidratadas ou suco de limão.

O uso de temperos industrializados também deve ser evitado, pois contêm alto teor de sódio.

É importante ao tentar reduzir o consumo de sal ter em conta que as células do paladar podem levar algum tempo para ajustar-se ao sabor menos intenso do sal (período médio de até três meses). É importante que as pessoas que costumavam consumir alimentos com alto teor de sal saibam disso para persistir no consumo de alimentos com menos sal.

Sal light: seu teor de sódio é reduzido. Possui 50% de sódio e 50% de cloreto de potássio, mas deve ser usado com moderação, principalmente por pessoas que tem problema nos rins.

Existem outros tipos de sais como o sal marinho, sal Himalaia, que também ajudam na finalização de um prato.

São exemplos de alimentos que possuem altos teores de sódio: caldos, embutidos, conservas, cereais matinais, margarinas vegetais, macarrões instantâneos, salgadinhos, sopas, molhos e temperos prontos, que devem ser evitados ou consumidos esporadicamente para manter uma boa alimentação e saúde.

Referência

Site do Ministério da Saúde.

Guia alimentar para a população brasileira. Promovendo a alimentação saudável, Brasília DF, 2008.

Compartilhe isso:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *