header image

Nosso Blog

Próximo Evento

Não pule o café da manhã! Ele ajuda até no emagrecimento

Acordar e deixar seu organismo em jejum durante horas significa perigo! Despertar e já sair para as atividades do dia sem oferecer “combustível” de qualidade para seu corpo pode implicar em prejuízos à sua saúde como gastrite, fraqueza, indisposição, dores de cabeça, hipoglicemia e, inclusive, um freio no metabolismo.

Isto ocorre porque nossa energia para trabalhar, estudar, pensar e até mesmo para manter-se vivo depende de nutrientes, estes os quais, advém de alimentos. Os carboidratos (cereais, pães, frutas) ajudam a dar mais energia para nossas células, as proteínas (leite e derivados, ovos, aves) deixam nossos músculos em ordem, mantém a energia também por mais tempo e dão saciedade, as gorduras boas (linhaça, azeite,castanhas) são ricas em minerais antioxidantes e gorduras “boas” as quais combatem os radicais livres em excesso que envelhecem nossas células e até geram doenças, e as fibras (frutas e cereais integrais) são essenciais para manter o intestino funcionando, fornecem energia, dão saciedade e ajudam no controle da glicemia.

Ao menos um alimento de cada um destes grupos deve estar presentes no café da manhã! A falta de tempo não é desculpa…fazer uma vitamina não ocupa muito tempo, por exemplo, leite com banana, aveia e linhaça já contempla boa parte das necessidades nutricionais da refeição (claro que as quantidades sempre dependem de cada organismo!).

Consumindo um café da manhã com todos estes alimentos, fazendo um pequeno lanche no meio da manhã (frutas, barra de cereais, iogurtes,sementes oleaginosas) e, principalmente, nunca se esquecendo de consumir as  proteínas (queijos magros, leite de soja, iogurtes, ovos, peito de peru) você se sentirá mais saciado por mais tempo e fará seu metabolismo acelerar para digerí-las, com isso, o emagrecimento pode aparecer. Além disso, estudos comprovam que: quem toma o café da manhã com equilíbrio de nutrientes tende a ter menos fome nas próximas refeições. Isto se deve ao fato do corpo não sinalizar a privação de nutrientes desde que começou o dia e tende a sinalizar a fome em horários como final de tarde e a noite, quando o metabolismo começa a desacelerar e aí, o que se come tenderá a ficar estocado na forma de gordura como fonte de reserva para passar um outro dia privado de energia.

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *