header image

Nosso Blog

Próximo Evento

Partes não convencionais dos alimentos: Vitamina C

Como comentado em post anterior, a vitamina C tem grande importância em nosso organismo por possuir ação antioxidante, reduzindo o envelhecimento celular, sintetizar colágeno (proteína importante na formação da pele saudável, tendões, ossos e tecidos de sustentação e na cicatrização de feridas); síntese ou liberação de hormônios da glândula supra-renal, além de aumentar a absorção de ferro proveniente de alimentos vegetais e animais.

Diferente de outras vitaminas, como, por exemplo, a vitamina B12, a vitamina C não é estocada em nosso organismo e deve, portanto, ser ingerida diariamente em quantidade suficiente para a manutenção das funções no organismo.

Para indivíduos adultos a recomendação é de 60 miligramas por dia (mg/dia). Para pessoas de risco (fumantes, dependentes alcoólicos, grávidas, entre outros) a recomendação é superior, cerca de 100 mg/dia. No caso dos fumantes e dependentes alcoólicos, a necessidade aumentada é devido ao fato de os compostos presentes nestes produtos reduzirem a concentração de vitamina C do organismo, e no caso da gravidez é devido ao estado fisiológico em que a mulher se encontra, no qual há necessidade de mais nutrientes do que o normal para o desenvolvimento saudável do bebê.

Normalmente as pessoas adquirem a vitamina C de frutas e vegetais ( goiaba, acerola, morango, laranja, tomate, pimentão, manga, caju, laranja, limão, etc), no entanto, poucos sabem que as partes não convencionais destes alimentos também são ricas nesta vitamina.

Abaixo segue a quantidade de vitamina C em 100 gramas de algumas partes não convencionais:

  • Casca de abacaxi: 16,8 mg
  • Casca da batata doce branca: 40,00 mg
  • Casca da banana: 10,14
  • Folha da beterraba: 557,00 mg
  • Casca da beterraba: 331,00 mg
  • Rama da cenoura: 16,65 mg
  • Folha de couve-flor: 122,7
  • Casca da laranja: 13,70 mg
  • Casca de maracujá: 20,00

Portanto, folhas, cascas, sementes e talos também podem ser acrescentados em suas preparações para enriquecê-las não só com a vitamina C, como também com outras vitaminas e minerais.

Mas lembre-se: sempre antes do consumo, há que se realizar uma higienização correta de todas as frutas e vegetais e suas partes consumidas.

  • 10 ml (1 colher de sopa rasa) de água sanitária (para esta finalidade) em 1 litro de água ou
  • 20 ml (2 colheres de sopa rasas) de hipoclorito de sódio em 1 litro de água.

Dicas:

As folhas, ramas e talos podem ser acrescentados em saladas, bolinhos, arroz, tortas, etc.

Com as cascas de frutas (banana, laranja, abacaxi, etc) podem ser feitos bolos e tortas.

Assista: http://www.youtube.com/watch?v=nmeIt3NqtlM

 

Fontes:

SESI. Programa Alimente-se Bem. Tabela de Composição Química das Partes Não Convencionais dos Alimentos.

http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/vitaminas/vitamina-c-acido-ascorbico.php

http://www.fooddesign.com.br/arquivos/legislacao/portaria_06_99_cvs_bpf_refeicoes_coletivas.pdf

http://www.colegioweb.com.br/biologia/vitamina.html

http://www.revistavigor.com.br/2008/05/31/fumantes-tem-nivel-de-vitamina-c-40-mais-baixo-que-nao-fumantes/

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *