header image

Nosso Blog

Próximo Evento

Nutrição na Menopausa

MenopausaA menopausa corresponde à cessação permanente da menstruação de forma natural, sem interferência patológica, geralmente definida após 6 a 12 meses sem menstruação em mulheres acima dos 45 anos.

Durante e após a menopausa, muitas são as alterações que ocorrem no organismo da mulher. Nesse período há redução de massa muscular (massa magra) e um aumento expressivo no tecido adiposo (gordura), principalmente na região abdominal. De certa forma essas mudanças contribuem para a obesidade e o aumento dos fatores de risco para diversas patologias, como as doenças cardiovasculares, dislipidemias, hipertensão arterial e diabetes. Ondas de calor, diminuição do desejo sexual, desconforto ao urinar,  enfraquecimento dos ossos, ansiedade, depressão e alterações de humor também são sintomas comuns no período de menopausa.

A deficiência de cálcio é a principal consequência da menopausa e pode levar à osteoporose. Aumentar o consumo de leite e derivados e até mesmo fazer suplementação desse nutriente ajuda a fortalecer os ossos e prevenir contra essa doença.

Após uma certa idade (em geral, 45 anos), também é comum a deficiência de vitamina A, D e do complexo B. Por isso, é importante consumir alimentos de origem animal como carnes, ovos, leites, queijos e iogurtes e vegetais de folhas verde-escuras, que são as principais fontes dessas vitaminas.

Evitar o consumo excessivo de sal, gorduras e açúcares diminui a possibilidade do aparecimento de doenças como hipertensão, colesterol alto e diabetes.

Praticar atividades físicas regularmente também é importante para o controle dos sintomas da menopausa. Manter-se em movimento auxilia no fortalecimento muscular, evita o ganho excessivo de peso e ajuda a minimizar a ansiedade e depressão.

Sendo assim, procure um nutricionista para a verificação de necessidade de suplementação alimentar, pois a boa nutrição e a prática de atividades físicas podem ser boas aliadas para a diminuição das consequências da menopausa que são tão desconfortáveis para a mulher.

Compartilhe isso: