header image

Nosso Blog

Próximo Evento

Alimentação na viagem de final de ano

foto praia

Final de ano se aproximando é sinônimo de festas e comemorações e isso inclui uma viagem especial para a praia. Nesta época as praias ficam mais lotadas e por isso alguns cuidados com relação à alimentação devem ser tomados para se evitar problemas de saúde.

Na beira da praia tudo parece muito saboroso, mas nem todas opções são uma boa escolha, já que todas as barracas na praia estão repletas de pasteis, milho com manteiga, petiscos fritos, refrigerantes, crepes e outras gulodices. O que devemos fazer é evitar alimentos com molhos, com queijos e maionese, gorduras (manteiga e frituras) e açúcares (refrigerantes e doces em geral).

O melhor é sempre dar preferência para água de coco (riquíssima em vitaminas e minerais), picolés de fruta (percentual baixo de gorduras), sucos de frutas naturais, açaí na tigela, milho sem manteiga e pasteis de forno com recheios magros (ricota, brócolis, peito de peru, frango), mas fique atento se este tipo de alimento está mantido na temperatura adequada dentro das estufas.

Para garantir um passeio tranquilo é fundamental também ter bastante atenção no momento de escolher o local de venda dos alimentos, a procedência dos mesmos e as condições dos manipuladores, que devem apresentar roupas limpas, unhas curtas, cabelos presos ou protegidos e dispor de local para higiene das mãos. Levando em consideração essas restrições, de forma geral, a melhor opção são os estabelecimentos fixos, como os quiosques, ao invés de pontos móveis e ambulantes.

Esses cuidados visam evitar intoxicações alimentares causadas pela presença de bactérias. As causas mais comuns da contaminação alimentar são: o armazenamento inadequado e o contato com utensílios, manipuladores e outros alimentos contaminados.

Uma boa alternativa é levar alguns alimentos de casa, como frutas (maça, uva) e biscoitos integrais, sem esquecer dos cuidados com o armazenamento. Mas nunca deixe de se alimentar de 3 em 3 horas e consumir bastante líquido.

Além disso, é importante que o banhista também realize a higienização das mãos antes de se alimentar, utilizando o álcool gel ou lenço umedecido, a fim de evitar a contaminação. 

Compartilhe isso:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *